terça-feira, 28 de março de 2017

A Alegria da Amarelinha voltou!!






EU SOU UM AMANTE DOS ESPORTES. Muito mais de assistir do que de praticar, confesso...tênis, vôlei, futsal, atletismo, assisto o que posso. E claro, o futebol...e por esses paradoxos que é meu ser, apesar de amar futebol não torço para nenhum time. É. Não torço para nenhum mas torço por todos que sabem jogar bola. Acompanhei de perto aquela fase adorável do São Paulo de Telê e do Flamengo de Zico, Nunes, Adílio....o time todo!! Mas como não torço para time, escolhi a SELEÇÃO BRASILEIRA para ser meu time!! Sim, sofri com os 7 a 1...chorei em 82...me indignei em 90....sofri e chorei em 94....me lamentei muito em 98...e novamente, explodi em gozo em 2002!!! Depois veio a era Dunga como técnico. Meia bomba, né? Alguns acertos mas muitos erros. Filipão parecia o nome certo para nos levar à vitória em casa em 2014. MAS NO MEIO DO CAMINHO TINHA UMA ALEMANHA, TINHA UMA ALEMANHA NO MEIO DO CAMINHO....E como se não bastasse uma vez DUNGA, nos trouxeram ele outra vez!!!! PUTAQUEOPARIU!!!!!!! Mas o que houve com a seleção? Desaprendeu a jogar bola? Não eram os jogadores todos nomes de peso em seus times europeus? ERAM, MAS DUNGA TINHA UMA GRANDE FALHA: Ele era muito ZANGADO.... MAS AGORA A ALEGRIA ESTÁ DE VOLTA!! A alegria de jogar bola, de jogar na seleção! Todas as vezes que montamos um time que tinha alegria em jogar na seleção, fomos quase imbatíveis. PARECE QUE ESTA ERA VOLTOU. PARECE QUE O FUTEBOL CANARINHO VOLTOU OU ESTÁ VOLTANDO A PASSOS LARGOS. E EU SÓ QUERO UMA COISA LÁ NA RÚSSIA ANO QUE VEM. Uma final BRASIL E ALEMANHA.

domingo, 26 de março de 2017

É você mesmo??







Por Anne Roumanoff



ESCREVI MINHA SENHA para acessar o banco pela internet num papelzinho que pus na bolsa. Claro que perdi o papelzinho. "Não admira, basta ver o estado da sua bolsa", disse o homem que amo. Não respondi. Depois de passar anos morando juntos, a gente percebe que não adianta falar quando está irritada, e é assim que os casais acabam não se falando mais.

Cliquei em "Esqueci minha senha". Os programadores inventaram isso para pessoas como eu, que esquecem tudo. Para provar que você é mesmo você, há perguntas "inesquecíveis" a responder. O problema era que eu não conseguia recordar se a resposta à pergunta "qual é sua bebida favorita?" era chá, champanhe ou Coca-Cola light. "Você deu três respostas incorretas. Por favor, entre em contato com seu banco" apareceu na tela do computador. Pelo telefone, passei 30 minutos ouvindo "Vamos atender em alguns instantes" até que, afinal, alguém atendeu. 

- Perdi minha senha. Não aguento mais.

Minha voz tremia. Mas a atendente continuou calma, para não dizer indiferente.:

- Tudo bem. Vou lhe fazer algumas perguntas para confirmar sua identidade.

Fiquei com medo que ela me interrogasse sobre minha bebida favorita, mas só me pediu o primeiro nome de minha mãe.

- Ah, então é você mesma - disse ela.

- Sim, sou eu. E você é você mesma?

Foi aí que ela fez a pergunta assassina:

- Qual é seu nome de usuário?

- Nome de usuário? Não sei. Perdi a senha.

- Sinto muito. Se a senhora não tem nome de usuário, não posso lhe dar uma senha.

________________________

Publicado originalmente em Seleções, março/2017

sexta-feira, 24 de março de 2017

Senha Incorreta






Por Anne Roumanoff


A SENHA DO PORTÃO do meu prédio, a senha do cartão de crédito, a senha do iTunes, a senha do computador, a senha do celular, a senha do banco on-line, a senha do Facebook, a senha do e-mail...Nossa vida é governada por essas combinações de letras e números que estamos o tempo todo esquecendo.
Estou diante de um caixa eletrônico que se recusa a fazer o que peço: "Senha incorreta. Última tentativa antes de bloquear o aceso". Clico em "Esqueci a senha" e a máquina pede um nome de usuário que, naturalmente, também esqueci. Lamento em voz alta:
- Por quê? Oh, por que não anotei não anotei essa maldita senha?
E eis que um sabe-tudo aparece para ralhar comigo:
- Você nunca deve anotar senhas por escrito!
Na verdade, eu fiz isso sim, mas não tenho a mínima ideia de onde guardei o papelzinho...

segunda-feira, 20 de março de 2017

O Fanático e o Mártir

O fanático é incorruptível: se mata por uma ideia, pode igualmente morrer por ela; nos dois casos, tirano e mártir, é um monstro. 

Emil Cioran__________________________

O Animal de Rapina Disfarçado




Em um espírito ardente encontramos o animal de rapina disfarçado; não poderíamos defender-nos demasiadamente das garras de um profeta...Quando elevar a voz, seja em nome do céu, da cidade ou de outros pretextos, afaste-se dele: sátiro de nossa solidão, não perdoa que vivamos aquém de suas verdades e de seus arrebatamentos; quer fazer-nos compartilhar de sua histeria, de seu bem, impô-la a nós e desfigurar-nos. Um ser possuído por uma crença e que não procurasse comunicá-la aos outros é um fenômeno estranho à terra, onde a obsessão da salvação torna a vida irrespirável. A sociedade é um inferno de salvadores!

Emil Cioran__________________ 

domingo, 19 de março de 2017

Difícil ser brasileiro nestes tempos


Fotos: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

A LAVA JATO fez as nossas grandes empreiteiras perderem valor, credibilidade. São milhares e milhares de empregos que ficam ameaçados. A revelação do esquema bilionário de corrupção na Petrobras fez a maior empresa brasileira perder valor, competitividade. Agora, as grandes empresas brasileiras de carnes perdem bilhões em um único dia com a divulgação maciça na mídia de que Frigoríficos vendiam carne podre. Em todos esses casos existe um conluio entre poder político e poder privado que se unem para saquear o país e corromper.
Será que o preço pela luta contra a corrupção será o enfraquecimento da economia nacional já enfraquecida em tempos de crise?
Não está sendo fácil ser brasileiro nestes tempos.

Destaques

Vídeo do canal Rebu do Edu sobre o governo Trump